From Instituto da Guerra

Meio-Vastaya

Sett

A aposta contra o ioniano já chega a 9/1, mas quem vai ser o maluco de apostar contra ele? Seu oponente entra na arena e fica estático no canto, tentando esconder seu nervosismo. Os agentes recolhem o dinheiro e o mestre de cerimônias anuncia sua chegada. Quando ele adentra o campo, a multidão vai ao delírio. Ambos os lutadores se entreolham e o oponente engole seco, enquanto uma singela gota de suor frio escapa por sua testa. O gongo soa e um corpo desacordado cai ao chão. Acabou. Não é hoje que o Chefe vai ser derrotado…

Os malditos humanos não param de ficar invadindo a propriedade do meio-lhotlan. Mesmo que ele espalhe vários cartazes e placas para não entrarem, parece que eles simplesmente ignoram tudo isso! Mas eles irão aprender uma valiosa lição. O meio-vastaya se prepara, arma uma armadilha usando suas penas logo na entrada de sua casa, enquanto sobe numa árvore próxima e aguarda. Os invasores se aproximam e não percebem o fio estendido rente ao chão. Penas voam como facas em suas direções e eles mal conseguem desviar. Logo são recepcionados pelo morador furioso, que pula da árvore gritando “SAIAM DA MINHA PROPRIEDADE!”

Será que ela está mesmo sozinha? A meio-vesani não consegue parar de pensar nisso. Ela ouviu boatos sobre uma belíssima mulher de nove caudas encontrada no meio da floresta. O homem disse que ela era o ser mais belo que ele já viu em toda a sua vida. Mas os humanos são traiçoeiros, não há porque confiar neles. Ainda mais os machos dessa espécie, que fazem de tudo para se engalfinhar com belas pessoas. E disso a meio-vastaya sabe bem, afinal, ela não saberia de tudo isso se não tivesse jogado seu charme no homem, o ludibriando com seus maiores desejos enquanto extraia dele a verdade. É, parece que ela não está sozinha…

Um Meio-Vastaya geralmente nasce cercado por indiferenças. O sangue que corre em suas veias é o responsável pela rejeição das pessoas, o fazendo conhecer a bondade e o alento somente nos braços de suas mães e pais. A união entre Vastaya e Humano não é vista com bons olhos em praticamente toda Runeterra, e é exatamente desta união que o Meio-Vastaya nasce. Porém, o mesmo sangue rejeitado que corre por suas veias é o que o dá a possibilidade de realizar maravilhas mágicas que pouquíssimos Humanos sonhariam em ter.

Além das habilidades mágicas, um Meio-Vastaya pode acabar herdando de seu lado parental Vastaya, suas feições e habilidades físicas. Ele pode ser mais forte que um Humano comum, correr mais rápido, ser mais ágil ou até mesmo criar armas espontaneamente.

Tabu Entre Todos

Uma união abominável, tida como a pior das heresias por muitos, o Meio-Vastaya é alvo do preconceito de praticamente todos. Alguns acreditam que a união entre Vastaya e Humano trás má sorte, causa maldições e algumas religiões acreditam que o nascimento de um deles é um sinal de mau-agouro.

Infelizmente, eles não conseguem esconder suas aparências físicas por muito tempo. Apesar de serem mais próximos de um Humano, eles são facilmente identificados após um olhar mais detalhado. Afinal, Humanos não produzem penas, possuem chifres ou caudas. Porém, existem alguns que possuem total semelhança física com Humanos. Estes podem ser identificados pela sua herança mágica, vindo diretamente do sangue vastaya que corre em suas veias.

Ao ser identificado, o Meio-Vastaya geralmente começa a ser excluído de seu círculo social. Os que mais os abominam são justamente os Humanos e os Vastayas, que vêem neles uma enorme decepção. Para estes, resta aprenderem a se adaptar.

Adaptados para Sobreviver

Com a marginalização generalizada do Meio-Vastaya, eles acabam sendo altamente adaptativos para sobreviver. Afinal, com todo um ambiente hostil tentando derrubá-los, os que não se adaptam acabam perecendo. Não importa onde seja, o Meio-Vastaya vai dar um jeito de continuar vivendo.

Essas adaptabilidade pode ser feita de forma orgânica ou forçada, dependendo de como o Meio-Vastaya reage perante a sociedade. Há aqueles que se sujeitam a tudo, abaixando suas cabeças para conseguir qualquer trocado que lhe renda o almoço do dia. Também existem os que não se sujeitam a isso, praticando crimes para se manter ou até mesmo para, de alguma forma, retribuir todo o preconceito na mesma moeda.

Um dos casos mais famosos de um Meio-Vastaya que conseguiu superar o preconceito e converter isso para um certo grau de respeito, é Sett. Em Ionia, ele simplesmente usou seus punhos para calar todos os insultos, colocando um hematoma no lugar da falta de respeito de alguns.

Subestimados

Infelizmente, os Meio-Vastayas são praticamente ignorados pelas outras pessoas. Por conta disso, eles passam despercebidos no meio da multidão, como se não existissem. Muitos pensam que os Meio-Vastayas são dignos de pena, sendo tratados como a escória da sociedade. Isso abre um espaço para que alguns deles passem por locais sem serem notados, porém os fazem passar maus bocados quando tentam fazer coisas simples como comer em uma taverna ou relaxar em uma praça.

Em centros urbanos, os Meio-Vastayas podem ser contratados para os piores tipos de trabalho, daqueles que ninguém quer fazer. Alguns acabam virando mendigos por conta do preconceito, pedindo esmolas para conseguir sobreviver. Estes sim passam completamente despercebidos da sociedade, quase como se fossem invisíveis.

Já em locais mais afastados, como vilarejos ou mesmo no meio da natureza, eles acabam encontrando uma certa paz. Alguns deles optam por se afastar por completo da sociedade, se embrenhando no meio do mato e vivendo lá, sozinhos, o resto de suas vidas. Já outros preferem se manter próximo de um ou outro vilarejo, não sendo tão sociáveis mas fazendo algumas amizades.

Ainda sim, pelo olhar geral, os Meio-Vastaya são extremamente subestimados. Frequentemente as pessoas se sentem superiores a eles, cegas pelo preconceito, sem ao menos dá-los a chance de mostrar quem eles realmente são. Geralmente, quando essas pessoas conseguem ver o verdadeiro potencial de um Meio-Vastaya, elas se surpreendem.

Traços de Origem dos Meio-Vastayas

Ao criar um Campeão Meio-Vastayas, você possui os seguintes traços:

Tipo de Criatura. Meio-Vastayas são considerados Humanoides. Sendo afetadas por efeitos ou magias que afetam Humanoides, como a magia enfeitiçar pessoa.

Herança. Você possui 1 ponto de Herança, veja o Capítulo 8: Personalizando seu Campeão para a lista de Heranças disponíveis. Adicionalmente, você pode aumentar um valor de atributo, à sua escolha, em 2 ou você pode aumentar dois valores de atributo, à sua escolha, em 1. Você pode escolher Heranças da lista de Humanos, Vastayas e da Tribo Vastaya à qual você é híbrido.

Idade. Os Meio-Vastaya chegam a maturidade ao mesmo tempo que os Humanos, porém, podem viver algumas décadas a mais, apesar de não possuírem a longevidade dos Vastaya.

Alinhamento. Os Meio-Vastaya não possuem inclinação a nenhum alinhamento em especial. Os melhores e os piores são encontrados entre eles.

Tamanho. Um Meio-Vastaya variam muito em altura e peso, podem ter quase 1,5 metro ou mais de 1,9 metro. Para todos os efeitos, seu tamanho é Médio.

Deslocamento. Seu deslocamento base de caminhada é 30 pés.

Idiomas. Você pode falar, ler e escrever Vastayês e um outro idioma comum, à sua escolha.

Aprimoramento. Você ganha um Aprimoramento, à sua escolha. Caso o Aprimoramento aumente o valor de algum atributo, você não recebe esse aumento.

Perícia Versátil. Sua versatilidade é extensa. Você recebe proficiência em uma perícia à sua escolha.

Linhagem. O sangue que corre em suas veias denuncia sua hereditariedade. Você deve escolher uma das linhagens abaixo:

Híbridos

Meio-Fauhwoon

Laila, uma Meio-Fauhwoon

Em meio aos vários tipos de criaturas que habitam as florestas, você é uma das que também trabalha em suas defesas. Você pode até não ser bem-quisto por algumas, mas quando se trata de proteger sua casa, você não pensa duas vezes em se unir aos outros.

Arma Natural. Sua natureza vastaya lhe concede poderosos e resistentes Chifres, sendo considerados armas naturais. Você é considerado proficiente com essa arma e pode utilizar seu modificador de Força para jogadas de ataque e dano feitas com ela. Seus Chifres causam 1d6 de dano contundente.

Alinhamento Onírico. Os Fauhwoon têm uma relação estreita com a magia dos sonhos, se tornando imunes a efeitos mágicos que causem sono, como na magia sono. Além disso, quando estão Inconscientes por estarem dormindo, caso sejam alvo de um ataque, o dano é causado normalmente ao invés de ser considerado um acerto crítico.

Meio-Kiilash

Raon, um Meio-Kiilash

A floresta é como sua casa e você não somente sobrevive nela, mas consegue se virar tão bem quanto qualquer outra fera que lá habite.

Arma Natural. Você possui uma proximidade maior a de uma fera, possuindo Garras como arma natural. Você é considerado proficiente com essa arma e pode utilizar seu modificador de Força para jogadas de ataque e dano feitas com elas. Suas Garras causam 1d6 de dano cortante.

Sentidos Bestiais. Seu olfato e audição são excepcionalmente bons a qualquer momento do dia. Você recebe proficiência em Percepção e possui vantagem em testes de Percepção relacionados ao olfato ou audição.

Meio-Lhotlan

Thoph, uma Meio-Lhotlan

Você procura viver afastado dos grandes centros urbanos, morando à margem de alguma cidade ou vilarejo. Apesar disso, você acaba fazendo amizade com uma ou outra pessoa. Além disso, as penas que saem de seu corpo são mágicas, sendo usadas como verdadeiras armas para se defender daqueles que ousam invadir seu território.

Plumas Vastayesas. As penas de vastayas são consideradas presentes para reis e você pode produzi-las em seu corpo. Uma vez por descanso longo, você pode criar um número de Plumas Vastayesas igual ao seu bônus de proficiência. Essas Plumas causam 1d4 de dano perfurante e possuem as propriedades Acuidade, Arremesso (20/60 pés) e Leve. Você é considerado proficiente com essas Plumas.

Salto Vastaya. O céu é o limite! Quando realizar um salto à distância, você pode cobrir uma quantidade de pés adicionais igual ao seu modificador de Destreza e você não precisa realizar uma movimentação prévia para realizar qualquer tipo de salto.

Meio-Marai

Leafa, uma Meio-Marai

Enquanto uns olham para os céus à procura de respostas, você olha para a profundeza do mar, sabendo que lá existe algo que não se importa com o que você é.

Anfíbio. Você consegue respirar tanto em terra quanto na água. Além disso, combate debaixo da água não causa penalidades ou desvantagens de movimentação em você. Enquanto debaixo da água, você possui 60 pés de Visão no Escuro.

Sonar. Os Marai se comunicam debaixo de altas profundidades através de sonares, e ao forçarem sua voz, podem prejudicar outras criaturas. Utilizando uma ação de Ataque, você pode desferir um cone de 15 pés. Criaturas dentro dessa área devem realizar uma salvaguarda de Constituição CD 8 + seu bônus de proficiência + seu modificador de Inteligência. Criaturas Surdas tem vantagem nessa salvaguarda. Uma criatura sofre 1d6 de dano trovejante em uma falha.

Meio-Oovi-Kat

Milo, um Meio-Oovi-kat

Você anda oculto no meio da multidão, muitas vezes sem nem ao menos saber quem você é. Sua aparência é diferente, mas você sabe dizer exatamente quando é ou não bem-vindo em algum lugar.

Arma Natural. Sua Cauda possui uma força acima do normal, sendo considerada uma arma natural. Você é considerado proficiente com essa arma e pode utilizar seu modificador de Força para jogadas de ataque e dano feitas com ela. Sua Cauda causa 1d6 de dano contundente.

Mestre de Sho’ma. Você aprende como ler a mente de uma criatura através das memórias de seu espírito: o Sho’ma. Ao passar ao menos 1 minuto observando uma criatura que esteja até 60 pés de você, você consegue ler as memórias de seu Sho’ma. Você aprende o nome da criatura, pode sentir suas emoções básicas e consegue ver as memórias da criatura de até 2 horas anteriores à essa leitura.

Meio-Ottrani

Miria, uma Meio-Ottrani

Talvez existam pessoas que não ligam para sua linhagem. Os filhos das estrelas não demonstram preconceito, te abraçando exatamente da forma que você é.

Arma Natural. Seus Chifres possuem uma força acima do normal, sendo considerada uma arma natural. Você é considerado proficiente com essa arma e pode utilizar seu modificador de Força para jogadas de ataque e dano feitas com ela. Seus Chifres causam 1d6 de dano contundente.

Resgate. Por conta de sua forte conexão com os espíritos dos seres vivos, os Ottrani possuem habilidades naturais para a cura. Utilizando uma ação bônus, você pode tocar uma criatura que esteja a até 5 pés de você para recuperar pontos de vida atuais dela em um valor igual ao seu modificador de Sabedoria. Você pode utilizar esse traço um número de vezes igual ao seu bônus de proficiência por descanso longo.

Meio-Shimon

Phini, um Meio-Shimon

A semelhança dos Shimon com os Humanos é algo notável, ainda mais em você, que quase não se assemelha a um Shimon e sim um Humano. Ainda sim, você exibe algumas características diferentes que denunciam sua origem. Embora seu povo tenha sido bastante reduzido, você segue sendo um dos poucos a ainda carregar, de alguma forma, o sangue Shimon.

Arma Natural. Sua Mordida possui uma força acima do normal, sendo considerada uma arma natural. Você é considerado proficiente com essa arma e pode utilizar seu modificador de Força para jogadas de ataque e dano feitas com ela. Sua Mordida causa 1d6 de dano perfurante.

Capacidade Símia. A persistência é uma característica natural em você. Quando falhar em um teste de Força ou Destreza, você pode jogar o dado novamente, ficando com o novo resultado. Você pode fazer isso uma vez a cada descanso longo.

Meio-Vesani

Hazel, um Meio-Vesani

Você cresceu ouvindo histórias sobre um lugar longínquo onde a magia era amplamente estudada e praticada, quase como em Ionia. Porém, boatos são boatos e você conseguiu utilizar de sua beleza para sobreviver num mundo que te rejeita.

Arma Natural. Sua Mordida possui uma força acima do normal, sendo considerada uma arma natural. Você é considerado proficiente com essa arma e pode utilizar seu modificador de Força para jogadas de ataque e dano feitas com ela. Sua Mordida causa 1d6 de dano perfurante.

Me Conte Um Segredo. Você consegue descobrir os segredos de todos. Utilizando uma ação, você pode tocar um alvo e entender o estado emocional atual do mesmo. Caso essa criatura falhar em uma salvaguarda de Carisma CD 8 + seu bônus de proficiência + seu modificador de Carisma, você também saberá o alinhamento da criatura. Criaturas Celestiais passam automaticamente nessa salvaguarda.